Comente




**HOJE VOCÊ ME VIU COM O ROSTO COBERTO DE LÁGRIMAS**

 

 

HOJE VOCÊ ME VIU COM O ROSTO COBERTO

 

POR DOLOROSAS LÁGRIMAS

 

QUE SOBRE A MINHA FACE INSSISTIA EM CAIR

 

NÃO ME PERGUNTE PORQUE

 

MAS SENTI VERGONHA DE ME VER ASSIM TÃO IMPOTENTE

 

E QUANDO NOVAMENTE VOCÊ SE FOR

 

ESTAREI AQUI NESTE MESMO LUGAR

 

NA ESPERANÇA QUE VOCÊ SINTA A MINHA FALTA

 

E VENHA ME PROCURAR

 

EU SEI QUE VOCÊ É COMO VENTO

 

QUE ÀS VEZES APENAS SOPRA SEM NADA TOCAR

 

PARA QUE O SEU RASTRO NINGUEM VENHA ENCONTRAR

 

MAS MESMO ASSIM A SUA PRESENÇA

 

CONTINUA A EXISTIR DENTRO DE MIM

 

E CONTINUAREI AQUI, E REPRENSENTAREI O MEU PAPEL.

 

DE MULHER APAIXONADA

 

NÃO TE DEIXANDO MAIS PARTIR

 

POIS TE PRENDEREI EM MEUS BRAÇOS

 

E FAREI VOCÊ CONHECER O QUE É O AMOR

 

ESTE AMOR QUE SÓ EU CONHECI

 

E AINDA PERMANECE VIVE AQUI DENTRO DE MIM

 

E QUANDO ME VEJO ATRAVES DE UM VELHO ESPELHO

 

VEJO UMA JOVEM ENVELHECENDO

 

MAS QUANDO VOCÊ ME ENCONTRAR E OLHAR PARA MIM

 

TRARÁ-ME A JUVENTUDE NOVAMENTE

 

E JUNTO DELA O AMOR QUE ATRAVEZ DO MEU IRÁ DESCUBRIR 0

 

 

 

BRISAPOESIAS

 

 



Brisa *14h34




.:Retornar:.


- 28/10/2012 a 03/11/2012



**VOCÊ VEIO ATE AMIM**

 

VOCÊ VEIO ATE AMIM

ENSINOU-ME O QUE ERA O VERDADEIRO AMOR

ME DISSE COMO PERDOAR O MEU INIMIGO

ME DISSE COMO APRECIAR A NUTUREZA 

E SEMPRE RESPEITA-LA PARA QUE PERMANECESSE 

SEMPRE VIVA E REPLETA DE CORES

ESPALHADAS PELOS VERDES CAMPOS

VOCÊ ME DISSE COMO,PASSAR SOBRE AS PEDRAS

ANDANDO DESCALÇAS 

SEM TE-LAS QUE TIRA-LAS DO CAMINHO.

VOCÊ ME ENSINOU COMO TOCAR UMA ROSA

SEM QUE SEUS ESPINHOS puDESSEM ME ATINGIR

VOCÊ ME ENSINOU QUE EXISTEM VITÓRIAS

E FRACAÇOS E QUE É NESCESSÁRIO SABER LIDAR COM ISSO

ME ENSINOU O QUE FAZER PARA IMPEDIR

AQUELA LÁGRIMA QUE NUM MOMENTO

DE FRAQUEZA, DOR  INSEGURANÇA TALVEZ

INSISTIA EM CAIR SOBRE AQUELA FACE

JÁ CANSADA PEDINDO POR SOCORRO POR SUAS

ANGUASTIAS INSATISFAÇÕES POR SEUS FRACAÇOS

DANDO ASSIM LUGAR  NOVAMENTE AQUELA LÁGRMA

QUE SEM PEDIR LICENÇA VINHA E COBRIA O ROSTO

IMPEDINDO O SORRISO DE BROTAR NOS LÁBIOS

VOCÊ ME MOSTROU COMO OLHAR OS PASSAROS Á CANTAR

SEM INTERFERRIR EM SEU VIVER SOBRE A NATUREZA

ENSINOU-ME TAMBEM COMO PASSAR PELA TEMPESTADE

SEM DEIXA-LA ME ATINGIR

VOCÊ ME FEZ ACREDITAR NO AMOR

ENSINANDO-ME QUE NELE TAMBEM HÁ DOR

QUANDO PARA MIM NÃO PASSAVA

DE UMA GRANDE ILUSÃO 

CRIADA POR UM CORAÇÃO SOLITÁRIO

VOCÊ PENSOU TER ME ENSINADO TUDO

E FOI EMBORA

ENTÃO RESPONDA-ME

POR QUÊ ENTÃO? SE EXISTE TUDO ISSO

QUE NÃO É SÓ UMA IMAGINAÇÃO

DE UMA MENTE ILUSIONISTA

POR QUÊ? ENTÃO NÃO APRENDI A TE ESQUECER?

**AUT**

**BRISA**



Brisa *14h26




.:Retornar:.


- 28/10/2012 a 03/11/2012



**QUANDO A DEIXEI DAQUELE LUGAR**

 

Quando a deixei

 

Ali naquele lugar frio e sombrio

 

Você não percebeu, mas meu coração.

 

Deixe ali juntinho de você

 

Queria ter o poder de fazer você retornar

 

Para junto de mim assim como os DEUSES

 

Em  um contos de fadas

 

  você fechando seus olhinhos

 

E sorrindo para mim pela ultima vez

 

Ainda guarda em minha memória

 

E levarei para sempre comigo

 

Aqui é tão frio e triste

 

Queria poder tirá-la daí e trazê-la de volta

 

E nunca ter que deixá-la partir

 

Mas não tenho este poder

 

De fazê-la imortal e só o que posso fazer

 

É me ajoelhar diante de ti e orar por ti

 

Pois sou um somente um grão de areia

 

Neste universo que me acolhe sempre cheio de mistérios

 

 Que por mais que eu tente não consigo desvenda - lo

 

Caminhos diversos o bem se chocando com o mal

 

Jogando-me pra tomar uma decisão

 

Sem ao menos nos dar uma chance

 

De entendermos o que seria a melhor escolha

 

Sorrir quando que na verdade quero chorar

 

Abrir os braços e de peito aperto

 

Correr em direção dos ventos

 

Sem ao menos saber para onde ele irá soprar

 

Se mantiver forte quando na verdade

 

Estou derrotada por dentro

 

Estancar o meu soluço preso em minha garganta

 

Quando ele esta preste a sair

 

Abraçar o meu próprio corpo

 

Para dar á ele fortaleza e sobre o chão cair

 

E cada vez que pro céu eu olho

 

Espero vir dela a sua imagem

 

Para dar um pouco de consolo

 

Ao meu triste coração

 

Pois desde que você partiu

 

Ele fica assim, adormecido.

 

Esperando uma resposta sua

 

Perdoe-me, mas não tenho a dom.

 

De entender porque você tão cedo se foi

 

É tudo muito confuso minha mente dói

 

E volto ao meu estagio normal

 

Sem respostas alguma

 

Quem sabe você um dia

 

Retornará e trará pra mim

 

A resposta que tentei buscar

 

 

 

POESIASBRISA

 

 

 

 



Brisa *14h25




.:Retornar:.


- 28/10/2012 a 03/11/2012



.



Brisa *21h55




.:Retornar:.


- 28/10/2012 a 03/11/2012